Saiba como reduzir o ácido úrico e controlar a gota

Antigamente, a gota era popularmente conhecida como a “doença do rei” devido à sua prevalência entre as classes mais ricas que consumiam alimentos caros e ricos em purinas, tais como álcool e carnes – os quais não eram facilmente acessíveis aos mais pobres.

Hoje em dia, esses alimentos são comuns nas dietas ocidentais e o seu consumo deve ser moderado para manter um estilo de vida saudável.

Isso é importante para prevenir doenças como a gota, especialmente se você já acumula outros fatores de risco tais como idade, maus hábitos alimentares, alcoolismo, obesidade, medicamentos contendo salicilato e exposição ao chumbo, entre várias outras condições pré-existentes.

A gota – uma forma de artrite – é precipitada pelo ácido úrico produzido após a decomposição de compostos químicos chamados purinas, encontrados excessivamente em alimentos ricos em proteínas, tais como carne de aves e outras carnes.

As articulações dilatam-se quando o ácido úrico não é filtrado pelos rins como deveria, sendo absorvido pela corrente sanguínea e endurecendo sob a forma de cristais perfuro cortantes em redor das articulações. Geralmente é extraído com agulhas para teste e diagnóstico.

Embora as drogas anti-inflamatórios não esteroides (NSAD) sejam o tratamento de primeira linha aconselhado pelos médicos, existem algumas mudanças na dieta que precisam ser implementadas simultaneamente para evitar ataques recorrentes de gota.

Vejamos então como reduzir o ácido úrico e controlar a gota

Evite o Açúcar

O ácido úrico não é produzido somente a partir das proteínas, podendo também ser resultante do consumo excessivo de açúcar.

Açúcares adicionados em bebidas açucaradas e alimentos embalados resultam no aumento dos níveis de açúcar no sangue, o que aumenta a produção de ácido úrico, de acordo com a Healthline.

Durante um período de 12 anos, de 1986 a 1998, 46.393 profissionais de saúde (homens de raça branca) deram informações sobre a sua ingestão de bebidas carbonatadas por meio de um questionário de frequência alimentar validado.

Nenhum dos participantes sofria de gota antes do estudo. A frequência de consumo foi documentada anualmente, mensalmente, semanalmente e diariamente.

Os resultados mostraram 755 novos casos diagnosticados de gota de toda a amostra de médicos que participaram do estudo.

“O risco de incidentes de gota foi 85% mais alto entre os homens que consumiram duas ou mais porções de refrigerantes açucarados por dia em comparação com aqueles que consumiram menos de uma porção por mês”, revelou o estudo.

Dica: Você deve perder massa gorda porque as células de gordura produzem mais ácido úrico do que as células musculares. Beber água pode ajudar ainda mais a eliminar o ácido úrico antes que ele se acumule no corpo. Sucos de vegetais são alternativas ainda mais saudáveis para baixar os níveis de ácido úrico. Limitar o consumo de sumos de frutas naturais também é recomendado.

Evite as bebidas alcoólicas

Certas bebidas alcoólicas, como cerveja e uísque, são ricas em purinas.

Beber álcool causa desidratação, e isso promove a produção de mais ácido úrico, uma vez que os rins primeiro excretam resíduos formados pelo álcool no sangue. Os rins acabam negligenciando a excreção de ácido úrico, dando prioridade à eliminação de outros resíduos ruins para a saúde.

Num estudo baseado na Internet com 734 participantes, os pesquisadores entrevistaram homens com idade média de 54 anos que tiveram pelo menos um ataque de gota recorrente durante o período de um ano de remissão.

Eles estudaram se o álcool foi consumido 24 horas antes do segundo ataque de gota. Eles também estudaram o consumo de níveis moderados de álcool num curto espaço de tempo para pessoas que seguem uma dieta rica em purinas.

O consumo moderado de álcool aumentou o risco de gota em 48%, segundo o estudo.

Os pesquisadores não destacaram nenhum tipo de álcool. “Consumir vinho, cerveja ou bebidas alcoólicas estava associado a um aumento do risco de ataque de gota”, revelou o estudo.

Dica: As diretrizes dietéticas dos EUA recomendam uma bebida alcoólica para mulheres e duas bebidas para homens em média todos os dias. Evite cerveja, uísque e licores destilados, porque estes são ricos em purinas, mas como o estudo acima menciona, todos os tipos de álcool podem causar o aumento dos níveis de ácido úrico.

como reduzir o acido urico e controlar a gota

Verifique outras doenças, suplementos e medicação

A insulina produz ácido úrico no corpo. Doença renal, psoríase, doenças da tiroide e cancro também são doenças que podem levar a uma elevada produção de ácido úrico no organismo.

Dica: Equilibre os níveis de insulina. Aspirina, diuréticos, drogas imunossupressoras e suplementos de vitamina B podem levar ao acúmulo de ácido úrico, por isso é melhor manter o seu médico informado de todos os fatores predispostos.

Coma carne, peixe e certos legumes com moderação

Carnes como vitela, carne de veado, pato, carne bovina, cordeiro, porco, peru e órgãos como fígados e rins devem ser evitados, pois são ricos em purinas.

Peixes como atum, sardinha, truta, bacalhau, arenque, anchova e marisco também são ricos em purinas, o que contradiz a crença de que o peixe é a alternativa mais saudável à carne. Este não é o caso quando se trata de precaução contra ácido úrico.

Surpreendentemente, os vegetais também podem ser ricos em purinas. Alguns deles incluem cogumelos, espargos, espinafre, couve-flor, feijão e ervilhas.

Dica: Consuma peixe com moderação, mas não o evite completamente, pois o peixe oferece outros benefícios para a saúde. Coma mais carne magra e aves. Uma vez que a carne vermelha também é rica em gordura saturada, é melhor ingeri-la com moderação. Frutas e legumes ricos em vitamina C, como laranjas, abacaxis, morangos, abacate, pimentão e tomate, entre outros, são substitutos mais saudáveis.

Seguir os conselhos indicados neste artigo contribuirá certamente para reduzir o ácido úrico e controlar a gota, por isso, releia o artigo se necessário para reter o máximo de informação possível.

Para receber GRATUITAMENTE a "Tabela de pH dos Alimentos" coloque seu Nome e Email abaixo e clique no botão "Quero Receber":

Author: Carlos Pereira

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.